O .... Marco da Era ....

09/07/2007

Tristeza, entorpecente octana

Se tem uma coisa que aprendi nesta vida jornalista é que nem sempre poderemos escrever sobre aquilo que gostamos de escrever. Muitas vezes temos que nos submeter a falar de assuntos que não gostaríamos, pois há a necessidade suprema de retratarmos a realidade.

Ah, realidade!

Como tu és instável

A realidade é feita de momentos

Momentos alegres

engraçados, iguais,

ferozes, controversos

lúcidos, alucinados, curtos

intensos, podres, cheirosos

livres, métricos, sardentos

puros, presos

azuis, vermelhos, verdes

coloridos, cinzas.

Momentos fogosos,

ardentes, calmos, agitados

fechados, altos, quadrados e

tristes.

Ah, tristes, talvez os piores.

A tristeza é fundamental. Pode nos fazer sofrer, ou chorar, ou dormir mais cedo. Mas ela nos ensina. Nos ensina a não sermos burros, inocentes ou covardes. É, olha criança, a realidade é dura, pois é feita de tristeza!


Escrito por Marco Rogério Zeminhani às 22h19
[] [envie esta mensagem]


31/05/2007

A cesta de compras da Record

Depois dos veículos, a cesta de compras da Record segue com os profissionais. Vejam alguns dos que estão indo para o grupo Record-Guaíba:

- Simone Santos - apresentadora (ex-RBS Caxias e TVCOM)
- Jairo Bastos - apresentador (ex-RBS Caxias RBS Sta Cruz)
- André Haar - apresentador (ex-RBS Porto Alegre, Canal Rural) em negociação.
- Vânia Lain , Andréa Martins e Vera Bosak - editoras (RBS Porto Alegre)

A Record ainda tenta a contratação de Cristiano Dalcin, ex-RBS e SBT.

Há um blog, sem definição de autoria, que se intitula Blog da TV Record Rio Grande do Sul. O endereço é www.recordrs.blogspot.com.


Escrito por Marco Rogério Zeminhani às 14h59
[] [envie esta mensagem]


30/05/2007

André Haar: ex-RBS TV vai para a Record

O jornalista André Haar anunciou, nesta terça-feira, sua ida para a Rede Record. Ele fez o comunicado aos colegas do Canal Rural, de São Paulo, onde atuava há cerca de dois meses.

O apresentador deverá atuar como âncora na capital paulista, mas, inicialmente, trabalhará em Porto Alegre, fazendo link para programas da grade nacional, como os matutinos Fala Brasil e Hoje em Dia.

Haar deixou a RBS TV, foi para o Canal Rural e ainda levava seus pertences para São Paulo. Agora, ele cancelou sua mudança.


Escrito por Marco Rogério Zeminhani às 16h38
[] [envie esta mensagem]


25/05/2007

Ofensiva da Record valoriza remuneração de profissionais

Embora ofereça uma remuneração acima da média do mercado, o SBT regional está com dificuldades para encontrar o substituto de Cristiano Dalcin para atender ao núcleo nacional da rede de televisão. Cristiano deixou a emissora há cerca de duas semanas e desde então o SBT procura outro profissional dentro do perfil exigido pela rede.
A ofensiva da Rede Record – que estaria tentando ficar com o passe de Cristiano – é a responsável por atiçar o mercado. Houve uma súbita valorização desde que a rede passou a operar em Porto Alegre e iniciou as contratações, há cerca de um mês. Mesmo a RBS TV enfrenta dificuldades para renovar o quadro e anda à procura de um apresentador para substituir André Haar, que em março deixou o Bom Dia Rio Grande para ser âncora do Canal Rural em São Paulo.

Texto: Coletiva


Escrito por Marco Rogério Zeminhani às 00h02
[] [envie esta mensagem]


22/05/2007

Eu não perco o sábado

Sinceramente, cada vez entendo menos dos seres, ou talvez seja tão óbvio que não consigo apreender. Não me recordo exatamente a data, mas há umas duas semanas um tal de Alemão, um ídolo criado pela futilidade televisa, esteve em Caxias do Sul. À casa de festas em que compareceu restou pagar o cachê, tão sonhados 15 mil reais. Segundo um jornal local, de circulação diária, o artista teria distribuído beijinhos e acenos. Quase 40 salários mínimos para alguns beijinhos e acenos.

O que me chama a atenção não é exatamente este fato, estamos cansados de vermos estas obesidades de acefalia. O que me atrai é o interesse puro e único de certos em ir até a festa apenas para ver o tal do grande irmão. No domingo, logo após a festa o diálogo é o seguinte:

- Ai, ontem? Ah eu fui lá na ............. ver o Alemão.

- Bah que show, tri legal!!! Eu tb queria ter ido, mas, droga, perdi.

Agora, se ao invés de irmos à tal casa de festa ver o grande irmão branco que pega as minininhas inocentes dos programas de TV, naquele sábado de noite, fossemos fazer uma visita a um abrigo de crianças órfãs? Quem sabe o diálogo seria:

- Ai, ontem? Sabe o que eu fiz? Visitei as crianças órfãs do Lar ............ .

- Tu pirou??? Tah viajando na maionese? Que coisa mais doida.

 


Escrito por Marco Rogério Zeminhani às 14h18
[] [envie esta mensagem]


12/05/2007

Record obriga Globo a pegar a ponte aérea

SÉRGIO RIPARDO

 

O avanço da Record nos levantamentos do Ibope da Grande São Paulo obrigou a cúpula da Globo a pegar a ponte aérea. A desculpa era apresentar a nova programação de 2007, que não trouxe nenhuma novidade relevante, já que tudo foi vazado meses antes. O objetivo real era emitir o recado de que a Globo prestigia a imprensa paulistana que cobre o mundo da TV. O tiro saiu pela culatra.

Durante décadas, a Globo dominava as chamadas das revistas de TV. Hoje tem de dividir espaço para produções da concorrência, principalmente da Record. Isso incomoda a emissora carioca, pois indica uma quebra de tradição, abre um precedente perigoso para sua hegemonia. É aquela história: se fechar o olho, perde o jogo. E a Record está jogando pesado, e seu time de "obreiros" escalados para seduzir a mídia já começa a dar resultados.


Na semana passada, a equipe de divulgação da Record fez visitas pelas principais redações do país em São Paulo. É um relevante trabalho de relações públicas. Nos bastidores, a Record está indo atrás, demarcando território, conhecendo a engrenagem da notícia, identificando aliados, cavando espaços. Enquanto isso, a Globo não desce do salto alto, fica encastelada, repetindo velhos esquemas.


Na entrevista à imprensa paulistana desta terça-feira, ficou claro que a Globo terá de sambar para recuperar a simpatia dos formadores de opinião. Houve clima de arrogância, prepotência, frieza ou simples grosseria nos contatos. No refeitório do hotel, a equipe da Globo almoçava de um lado, os jornalistas, do outro lado. Era a imagem que resume as relações da maior emissora do país com a imprensa.

Já a Record investe na simpatia interesseira e também copia as estratégias da Globo ao promover suas atrações. No mês passado, a Record convidou jornalistas de São Paulo para uma entrevista no Rio com o elenco de "Luz do Sol", sua nova novela. Na hora da apresentação dos atores, Hiran Silveira, diretor-geral de teledramaturgia da Record, pediu que o elenco aplaudisse os jornalistas convidados. Na sala do hotel escolhido para a entrevista, os atores já esperavam pelos repórteres --um caso raro. Como era o Dia Internacional das Mulheres, a Record distribuiu rosas vermelhas para as jornalistas.

 

São esses detalhes que revelam os bastidores da "guerra santa" entre a católica Globo e a evangélica Record. Há uma briga de foice por espaços, mas a Globo ainda evita tornar isso público--tanto que nem verbaliza direito o nome da concorrente paulistana (o "canal C", como se refere a Globo, já que nos levantamentos de dez capitais o SBT ainda aparece na frente da Record).

Quem vai vencer essa guerra? As verbas da publicidade pública vão ajudar a responder.


Escrito por Marco Rogério Zeminhani às 18h58
[] [envie esta mensagem]


05/05/2007

Blog do Kayser e o governo esculhambado de Yeda Crusius:


Escrito por Marco Rogério Zeminhani às 11h02
[] [envie esta mensagem]


19/04/2007

Tiros em Virginia Tech

Em 20 de abril de 1999, no Condado de Jefferson, Colorado, EUA, os estudantes Eric Harris e Dylan Klebold, atiraram em vários colegas e professores do Instituto Colombine.

Quase próximo de se comemorar oito anos daquela data, Cho Seung-Hui, estudante da Virginia Tech, Virgínia, EUA, matou 32 pessoas entre colegas e professores.

Pelo que se percebe, os documentários de Michael Moore, sempre estarão atualíssimos.


Escrito por Marco Rogério às 17h59
[] [envie esta mensagem]



Imagens exclusivas da Polícia Federal geram discussão entre Globo e Record

Além de prender bicheiros e magistrados, a Operação Furacão da Polícia Federal inaugurou nova rodada na discussão sobre imagens exclusivas. O “Fantástico”, da Rede Globo, exibiu no domingo (15/04) uma reportagem de quase 10 minutos contendo imagens cedidas pela Polícia Federal do momento em que malotes de dinheiro foram encontrados atrás de uma parede falsa na casa de um dos acusados. As imagens foram anunciadas como exclusivas.

Horas antes, o “Domingo Espetacular”, da Record, exibiu as mesmas imagens da operação, com policiais quebrando a parede, em um VT de cinco minutos de duração. A filmagem gerou uma forte suspeita dentro da Globo: a Record teria pego as imagens de chamadas para o “Fantástico” nos intervalos e durante o “Jornal Nacional”. A Record informou que o material foi cedido pela Polícia Federal.

A PF esclarece
A Divisão de Comunicação Social (DCS) da Polícia Federal informou que as imagens foram cedidas primeiro à Rede Globo pela Divisão de Inteligência da Polícia (DIP), e que posteriormente a DCS disponibilizou o material para outras emissoras de TV.

“Uma operação como esta não pode ter exclusividade. O que acontece é que os repórteres têm contatos na polícia que passam o material, às vezes até por uma questão de vaidade”, explica um agente da DCS. “Não temos como gerir a comunicação de todo o órgão. São 27 delegacias. A gente tenta coordenar. Mas o fato é que não há unicidade em relação à imprensa. Às vezes, a gente fica boiando”, completa. O agente também informa que o material divulgado oficialmente é escolhido com o cuidado de zelar pela imagem da PF, e que, nas imagens da Globo, o “áudio é esdrúxulo", tanto na qualidade como nos termos utilizados. 

Eduardo Faustini, repórter responsável pela reportagem do “Fantástico”, disse que “está simplesmente fazendo o seu trabalho”. “Tenho consciência de que fiz bem e corretamente. E não me preocupo com a guerra de audiência e outras questões exteriores. Isso é com a direção da empresa”, afirma.

O Comunique-se tentou falar com o repórter André Rohde, que fez a matéria do “Domingo Espetacular”, e com o editor do programa, Anael Aquino de Souza, mas não conseguiu contatá-los.

STF investiga vazamento
Ainda sobre a Operação Furacão, o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou na quarta-feira (18/04) a instauração de uma investigação policial sobre o vazamento de transcrições sigilosas do inquérito 2424, relativo à operação da PF. “Tais inconfidências, além de serem incompatíveis com os cuidados necessários à condução frutífera das investigações, trazem ainda danos gravíssimos à vida privada dos envolvidos”, disse o ministro Cezar Peluso, que pediu a investigação, ao site do próprio tribunal.

Texto: Marcelo Tavela - Comunique-se


Escrito por Marco Rogério às 17h43
[] [envie esta mensagem]


13/04/2007

O dia primeiro de maio de 1994 não será esquecido tão facilmente. A lacuna deixada no esporte brasileiro por Ayrton Senna dificilmente será preenchida.

Corte italiana aponta culpado por morte de Senna

A Suprema Corte italiana confirmou, nesta sexta-feira, que o diretor-técnico da Williams em 1994, o inglês Patrick Head, é responsabilizado por homicídio culposo pela morte do piloto brasileiro Ayrton Senna, em um acidente no GP de San Marino de 1994. A informação é da Agência Ansa.

A sentença 15050 destaca "que a causa do acidente foi a ruptura da barra de direção, causada pela modificação mal projetada e executada, conduzindo a um comportamento culposo e omisso de Head, já que o acontecido era previsível e evitável". A apelação apresentada pelos advogados de Head foi negada.

É a segunda vez que a Suprema Corte italiana se ocupa da causa de Senna, pois já havia emitido um veredicto no dia 14 de janeiro de 2003, mediante o qual anulava as absolvições ditadas pela Justiça de Bolonha em 22 de novembro de 1999. Nelas, tanto Head como Adrian Newey, o projetista da equipe na época, tinham sido absolvidos.

"Houve falhas e contradições na absolvição", disse em sua sentença a Suprema Corte italiana, que voltou a mudar o rumo de uma sentença de um caso tão polêmico da Formula 1. Senna morreu em 1 maio de 1994, no Grande Prêmio de San Marino, no circuito italiano de Imola, ao bater a Williams contra os muros de proteção.

Texto: Redação Terra


Escrito por Marco Rogério às 13h54
[] [envie esta mensagem]


03/04/2007

Para alguns ingênuos que acham que a Record não tira o sono da RBS, ou que acham que a rede paulista vai reformular veículos e tranformá-los em divulgadores da Universal.

Encontro de Nelson com Gadret durou duas horas

Nelson Sirotsky é presidente da Associação Nacional dos Jornais, mas foi um assunto bem regional que levou o principal dirigente do Grupo RBS à sede da Rede Pampa na última sexta-feira, para conversar com o colega Otávio Gadret, presidente da Pampa. Preocupa as duas empresas locais a ofensiva da Rede Record no Rio Grande do Sul, que adquiriu as rádios Guaíba AM e FM e a TV Guaíba e o jornal Correio do Povo e já afirmou oficialmente que não economizará recursos nos investimentos que fará para equipar e fortalecer os quatro veículos. Nelson foi sozinho ao encontro que durou quase duas horas e teve como testemunha o vice-presidente de Rede Pampa, Paulo Sérgio Pinto.


O conteúdo da conversa não vazou, a não ser o fato de que efetivamente falou-se muito sobre o mercado regional, segundo Paulo Sérgio confirmou a Coletiva.net. Gadret está em São Paulo desde ontem, em contatos reservados com outras empresas de comunicação. Ouve propostas para resolver a questão da programação da TV Pampa em Porto Alegre, que a partir de primeiro de julho deixará de retransmitir a programação da Record.


A última vez que Nelson Sirotsky pisou nas dependências da Pampa foi há cerca de sete anos, quando Gadret se preparava para publicar um jornal popular na região metropolitana. Como esta também era uma idéia alimentada havia anos pela RBS, Nelson foi  propor uma associação neste projeto, o que foi rejeitado por Gadret. A RBS agilizou seus estudos e lançou antes o Diário Gaúcho, o que levou a Pampa a rever seus planos e decidir-se por um jornal mais elitista, O Sul, lançado em julho de 2001.

Texto: Coletiva


Escrito por Marco Rogério às 23h00
[] [envie esta mensagem]


27/03/2007

Guaíba-Record: "No mercado para para disputar a liderança".

Reunido com alguns dos apresentadores e o diretor de jornalismo da Rádio Guaíba, recém adquirida pela Record, o novo diretor das rádios Guaíba AM e FM, Alexandre Calderón foi incisivo no momento de comentar qual será o comportamento do grupo em relação à concorrência: "estamos no mercado para disputar a liderança e vamos arrebentar."

Reunido sexta-feira na sala da direção com alguns dos apresentadores e o diretor de jornalismo, Flávio Portela da rádio AM,  Calderon falou brevemente da expêriencia na mídia eletrônica da IURD (inclusive em POA) e deixou claro que não vai mudar nada. A empresa vai receber investimentos e entrar no mercado para valer.
A primeira ação forte será para os 50 Anos da Guaíba com interação com a comunidade, homenagens aos veteranos da empresa, entre eles Flávio Alcaraz
Gomes e Amir Domingues. Haverá uma grande comemoração entre os funcionários e seus familiares em local e data a ser definidos.
Calderón já teria comunicado também à gerência comercial que quer conversar com as agências de Propaganda, o que deve ser feito num almoço com todas ou em grupos.
Assegurou que o nome da rádio não vai mudar. Nem mesmo a palavra Record será acrescentada, permanecendo a denominação Sistema Guaíba-Correio do Povo. O diretor também teria Informado que o sistema Guaíba Sat foi retomado para as emissoras da rede que estavam "de castigo" por não terem concordado em pagar para entrar em rede na última Copa do Mundo ( um valor de dois mil dólares por rádio) e que a proposta é de ampliar ainda mais a rede.
O sinal havia sido cortado pelo diretor anterior para as rádios que não pagaram. Também haverá 
a compra de equipamento de informática mais moderno para a Central Técnica e estúdios das rádios já que os atuais estariam  apresentando problemas. Calderón ouviu sugestões e enfatizou que estará sempre aberto a todos os funcionários ou instituições. Isto inclui abrir a entevistas aos que estavam vetados, entre outros não eram ouvidos - e que tudo será feito dentro do estabelecido pela Lei de Imprensa. Se houver fato qe justifique estes voltarão a falar na Guaíba e a serem citados no Correio do Povo. As matérias investigativas na rádio, que não estavam sendo feitas, estão liberadas. O sentimento ao fim da reunião seria de satisfação entre os participantes.
A frase final do novo diretor das radios Guaiba, Alexandre Calderon foi " estamos no mercado para disputar a liderança e vamos arrebentar."

Texto: site da ARI.


Escrito por Marco Rogério às 14h15
[] [envie esta mensagem]


20/03/2007

Canais da Globosat patrocinam TV Record

Até mesmo empresas do grupo Globo apoiarão a programação da Record. Segundo o site Vox News, a Net será patrocinadora das transmissões do Panamericano na rede do bispo Edir Macedo. A Sky teria comprado uma cota de patrocínio de 'O Aprendiz 4 - O Sócio'. Tanto a Net quanto a Sky, redes que prestam serviços de televisão por assinatura, são ligadas diretamente ao sistema Globosat de TV, das Organizações Globo. A Globo Comunicações e Participações é uma das acionistas da Sky, a outra é a Directv. A Net pertence à Globo Cabo Participações S.A.


Escrito por Marco Rogério às 20h50
[] [envie esta mensagem]


19/03/2007

Gritem, e lá se foi mais um gaúcho

Semana passada o Edir fechou a sacola de suas compras aqui no estado. Hoje, a notícia é a venda de mais uma empresa, mas agora não de comunicação, que nasceu no Rio Grande do Sul. A Ipiranga, com quase 70 anos, foi vendida. A Petrobrás deu ignição mais rapidamente que a venezuelana PDVSA, que queria comprar a petroquímica gaúcha.

   A Petrobrás, a Braskem e o Grupo Ultra anunciaram na manhã desta segunda-feira, em São Paulo, a compra das Empresas Petróleo Ipiranga, segunda maior distribuidora de combustíveis do País, atrás somente da BR, como já estava previsto. O valor do negócio foi de cerca de US$ 4 bilhões. Esse foi o maior negócio realizado entre empresas do Brasil. A aquisição da empresa será dividida em cinco etapas, que deve ser concluída até o final de 2007. Em 2006, o grupo Ipiranga teve uma receita líquida de R$ 3 bilhões e lucro de R$ 534 milhões, 3,1% superior ao anunciado no ano anterior. O grupo Ipiranga, controlado pelas famílias Tellechea, Ormazabaal, Gouvêa Vieira, Matos e Aguiar, está à venda há mais de dois anos. O Ipiranga produz hoje cerca de 17 mil barris de refino de petróleo por dia e detém 15% do setor de combustíveis do Brasil.*(1)

A Ipiranga S.A. Companhia Brasileira de Petróleos foi fundada dia 7 de setembro de 1937, na cidade do Rio Grande, no extremo sul do país, sob um forte temporal que atrapalhava também as comemorações cívicas do 115º aniversário da Independência do Brasil.*(2)

* 1 - Fonte: Invertia   * 2 - Fonte: Ipiranga


Escrito por Marco Rogério às 21h27
[] [envie esta mensagem]


13/03/2007

Agora é toda Caldas Júnior nas mãos da Universal                                                                                                                    Record se consolida como segunda do país

Era estranho, não era? A Igreja Universal do Reino de Deus ter comprado a mídia eletrônica da Caldas Júnior e ter deixado de fora o jornal impresso suscitava estranheza. De fato, agora sim, Edir Macedo fez o rancho no mercado gaúcho: levou o Correio do Povo. Mais tradicional do que a própria Caldas Júnior, o diário porto-alegrense, que beira os 113 anos, se confunde com a história do Rio Grande do Sul. Pois agora nem este mais é gaúcho, o que não me preocupa propriamente.

O caso é que a Record conta agora com mais três veículos em sua galeria. Mesmo sem estes a Record já se consolida como segunda maior televisão do Brasil. Vejam a situação da Record:

Segunda maior produtora e exibidora de conteúdo nacional inédito;

Segundo lugar consolidado, no Ibope, em horário nobre;

Novelas comercializadas para mais de 17 países;

Cobertura internacional em 130 países;

Cobertura de 98% do território nacional com 100 emissoras em todo Brasil;

Segundo lugar em infra-estrutura, com 11 estúdios em São Paulo e 6 no rio de Janeiro;

Segundo lugar no faturamento publicitário em 2006;

Crescimento de 110% no faturamento publicitário em 2 anos;

Segunda emissora na geração de empregos. São 3500 profissionais só no eixo Rio-São Paulo;                                      Elenco de 30 apresentadores, 180 atores e 1000 jornalistas.

Estes são os números da Record, que utiliza o slogam "A caminho da liderança". E isto inclui só a parte de TV do Grupo Record. Se formos contabilizarmos todos os veículos, incluindo rádio e jornal os números aumentam vertiginosamente.

Enfim, por hora, está pronta a sacola de compras de Edir Macedo. O que se pode concluir desde já é que a Record, assim como faz nacionalmente com a Globo, vem para bater de frente com a RBS, líder nos segmentos de televisão e jornal no Rio Grande do Sul.


Escrito por Marco Rogério às 21h45
[] [envie esta mensagem]



[ ver mensagens anteriores ]
 
 
 
       
   
Histórico
  08/07/2007 a 14/07/2007
  27/05/2007 a 02/06/2007
  20/05/2007 a 26/05/2007
  06/05/2007 a 12/05/2007
  29/04/2007 a 05/05/2007
  15/04/2007 a 21/04/2007
  08/04/2007 a 14/04/2007
  01/04/2007 a 07/04/2007
  25/03/2007 a 31/03/2007
  18/03/2007 a 24/03/2007
  11/03/2007 a 17/03/2007
  04/03/2007 a 10/03/2007
  25/02/2007 a 03/03/2007
  18/02/2007 a 24/02/2007
  11/02/2007 a 17/02/2007
  14/01/2007 a 20/01/2007
  17/12/2006 a 23/12/2006
  10/12/2006 a 16/12/2006
  03/12/2006 a 09/12/2006
  26/11/2006 a 02/12/2006
  19/11/2006 a 25/11/2006
  12/11/2006 a 18/11/2006
  05/11/2006 a 11/11/2006
  29/10/2006 a 04/11/2006
  22/10/2006 a 28/10/2006
  15/10/2006 a 21/10/2006
  08/10/2006 a 14/10/2006
  01/10/2006 a 07/10/2006
  24/09/2006 a 30/09/2006
  17/09/2006 a 23/09/2006
  10/09/2006 a 16/09/2006
  03/09/2006 a 09/09/2006
  20/08/2006 a 26/08/2006
  13/08/2006 a 19/08/2006
  06/08/2006 a 12/08/2006
  16/07/2006 a 22/07/2006
  09/07/2006 a 15/07/2006
  02/07/2006 a 08/07/2006
  18/06/2006 a 24/06/2006
  11/06/2006 a 17/06/2006
  04/06/2006 a 10/06/2006
  28/05/2006 a 03/06/2006
  21/05/2006 a 27/05/2006
  14/05/2006 a 20/05/2006
  30/04/2006 a 06/05/2006
  16/04/2006 a 22/04/2006
  09/04/2006 a 15/04/2006
  02/04/2006 a 08/04/2006
  26/03/2006 a 01/04/2006
  19/03/2006 a 25/03/2006
  12/03/2006 a 18/03/2006



OUTROS SITES
    RSCOM - Rede Serrana
  Universidade de Caxias do Sul
  SempreTexto
  Blog do Mino Carta
  Paulo H. Amorim - Coversa Afiada
  Capas de jornais no mundo


VOTAÇÃO
    Dê uma nota para meu blog